EDUARDO E MÔNICA VÃO VIAJAR! Mas, e o Thor?!

Parece que foi ontem que o Eduardo e a Mônica estavam planejando adotar um pet para completar a vida do casal. Depois de entenderem e se adequarem ao regimento interno do condomínio deles, o novo amiguinho se tornou a maior alegria da casa!

Esse sentimento só quem tem um bichano de quatro patas entende, né? 

E por gostarem tanto do Thor, o coração apertou na hora de planejar as férias. Como ele ainda é novinho, o casal ficou em dúvida entre se aventurar e levá-lo junto para o passeio, ou deixá-lo sob cuidados de alguém em Porto Alegre.

Levar o Thor junto implicaria em: 

🐶 precisar levá-lo em um veterinário para autorizar a viagem, atestando que todas as vacinas necessárias (antirrábica e demais)  estão em dia, e receitar um calmante para ele encarar a viagem mais tranquilo no avião (lembrando que algumas companhias aéreas exigem que o animal esteja consciente);

🐶 comprar uma caixinha para transporte de animais;

🐶 a cobrança de uma taxa de serviço de aproximadamente R$200,00, variando de acordo com a companhia aérea.

A distância entre Porto Alegre e Recife, destino do casal, é de 2.978 km. O tempo de viagem varia entre 3 e 6 horas. O Eduardo e a Mônica começaram a se preocupar com o desconforto que seria para o Thor ficar todo esse tempo preso em uma caixinha 💔 e do incomodo que teriam no hotel, e depressa descartaram a possibilidade de levar ele junto.

Melhor deixar o Thor com alguém de confiança em Porto Alegre. Aí não teve outra né: recorreram ao Google!

O Google “clareou” a mente deles com as inúmeras opções oferecidas na capital! Primeiro, eles deram uma olhada no site Pet Anjo, que dispõe de duas opções que interessaram eles.

A primeira é a Hospedagem na casa dos “anjos”, ou melhor, de pessoas que se cadastraram no site para oferecer esse serviço. Os preços variam bastante de acordo com o cuidador, mas tem muuuita gente com as portas abertas para receber um canino! O maior benefício dessa opção é que dá para selecionar por bairros, e, assim, encontrar alguém que more próximo ao Mont Serrat, onde vive o casal. Assim o Thor estranharia menos a mudança, principalmente quando saíssem para passear.

➡ Esse serviço custaria cerca de R$70,00 por dia.

A outra opção eles chamam de Pet Sitter, que é nada mais nada menos do que uma babá para o Thor. Ela iria até a casa do casal durante os dias em que eles estiverem viajando fazer companhia e cuidar do bichano. Essa é uma boa ideia pois ele continuaria no conforto do lar 🏡 e teria alguém capacitado cuidando dele todos os dias.

➡ As profissionais cobram em média R$70,00.

Além da Pet Anjo, também apareceram no Google outras três “creches” para cachorros, onde o Thor ficaria junto com outros animais que também estivessem hospedados no local.

O Hotel Pet fica no bairro São Geraldo e tem algumas regrinhas. A hospedagem deve ser agendada pelo menos 48hrs antes da data da primeira estadia, e, para ganhar banho, é cobrada uma taxa de R$50,00 dos donos, que também devem se responsabilizar pela ração que o cachorro irá comer. Eles deram uma conferida nas fotos do Facebook do local, com um monte de caninos reunidos e bem faceiros. Ver os outros bichinhos felizes acalmou um pouco o coração do casal!

➡ O orçamento cotado para o Thor ficar no local por uma semana foi de R$500,00, sendo que é obrigatório o pagamento adiantado de 30% do valor para garantir a hospedagem.

O Google também os levou até o Hotel Casa do Cachorro, que fica no bairro Guarujá. A estrutura do local é super legal, com bebedouros, piscina, recreação e atendimento 24hrs por dia. Eles ficaram só imaginando a alegria do Thor em poder brincar na piscina todos os dias, coisa que ele adora!

➡ Na Casa do Cachorro, o preço das diárias é de R$29,90.

Bom, o que não falta para o Eduardo e a Mônica é opção! Mas, e agora, como escolher a melhor alternativa?

Depois de pensar muito, eles acabaram optando pela Pet Sitter do Pet Anjo. Além do site e das colaboradoras terem várias indicações e comentários positivos, eles adoraram a ideia de não precisar mudar muito a rotina do Thor. Como ele ainda é novinho e não costuma interagir muito com outros animais, uma casa cheia de animais diferentes poderia causar um grande estranhamento.

Ufa, tudo resolvido! Agora só restam as malas para arrumar… e aí, o que acharam da escolha do casal? Também já passaram por isso?! Conta nos comentários qual foi a solução que vocês encontraram! 🙂

Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *